sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

UMA CANÇÃO DE TRIUNFO!

ü As sombras alongadas da idade e da pressão começam a surgir na face de Davi. Ele teve uma vida plena e cheia de altos e baixos. Estava entrando no que poderíamos chamar de seus anos de crepúsculo. Davi teve de confiar várias vezes em Deus em circunstâncias impossíveis, e certamente com muita freqüência ocorriam coisas que o mantinham de joelhos. Muito antes de ser rei, Davi era cantor e em 2 Sm. 22 encontramos o que, talvez, foi a última canção cantada por ele. Três grandes eventos na vida de Davi serviram para preparar esta música;
1. Davi sofreu a angústia e a tristeza da morte prematura de seu filho Absalão, que foi assassinado depois da conspiração que chefiara contra o pai;
2. A fome de três anos que se abateu sobre a terra, acrescentando a calamidade à humilhação; e
3. A guerra outra vez contra seus velhos inimigos – 2 Samuel 21.15

UMA VIDA... QUATRO TEMAS

Davi resume a sua vida em quatro temas, quatro expressões entremeadas neste salmo de louvor. Este são, portanto, os temas da vida de Davi:

Tema 1: QUANDO SURGEM AS DIFICULDADES, DEUS É O NOSSO ÚNICO REFÚGIO (2-20)
Para Davi, Deus não era uma divindade distante, preocupada com outras galáxias ou com a mudança das estações. O seu Deus ouviu a sua voz. Esse clamor gutural chegou aos seus ouvidos.
2 Samuel 22. 7-12 – O que Deus está fazendo? Ele responde àqueles gritos. Envia a chuva. Responde ao pedido de socorro na seca e na fome.
2 Samuel 22. 19-20 – Não temos dificuldades em crer na questão de calamidade, inimigos poderosos, aflição, morte, destruição e violência; nessas situações, porém, é muito difícil acreditar que o Senhor se agrada de nós. Todavia, ele o faz. Essa é toda a mensagem de graça. O Senhor envia o seu anjo de esperança que traz ajuda invencível porque ele se agrada de nós. Importa-se conosco. Sente profundamente o nosso sofrimento. Embora resistamos a isso, é simplesmente verdade.

Tema 2: QUANDO NOSSOS DIAS SÃO ESCUROS, O SENHOR É A NOSSA ÚNICA LUZ (21-31)
2 Samuel 22.29 – Às vezes vamos andando, tentando ver à distância na escuridão que nos envolve. Todavia, ele só concede luz suficiente para que possamos dar o próximo passo. Isso é tudo que ele dá e, na verdade, é tudo de que precisamos.

Tema 3: QUANDO NOSSO ANDAR É FRACO, O SENHOR É A NOSSA ÚNICA FORÇA (32-40)
2 Samuel 22. 32-33 – Quando o nosso andar é fraco, o Senhor é a nossa força. O apóstolo Paulo repete a mesma coisa em 2 Co. 12. 7-10;
Esse é o segredo: “O grande poder de Deus é aperfeiçoado em nossa absoluta fraqueza. MEU poder é melhor demonstrado quando VOCÊ é fraco”. Isso não é difícil na prática? Todavia, um princípio-chave na vida cristã é que Deus jamais é tão forte na sua obra como quando somos reconhecidamente fracos. Quando chegamos a uma rua sem saída, ele toma as rédeas e mostra a sua força.

Tema 4: QUANDO NOSSO FUTURO SE MOSTRA NEBULOSO E INDISTINTO, O SENHOR É A NOSSA ÚNICA ESPERANÇA (50-51)
Apesar de tudo por que passou, Davi não sente qualquer amargura ou ressentimento. Ele se aproximou do fim da sua vida coma canção nos lábios, nada de resmungos ou remorsos em seu coração. Por quê? – 2 Samuel 22.51.

Obrigado, Senhor, por estar sempre aí durante toda a nossa vida... jamais nos
desamparando... jamais permitindo que nos sintamos insensatos porque somos fracos.
texto extraído do livro "Davi, um Homem Segundo o Coração de Deus" cujo autor é Sharles Swindoll.

Nenhum comentário:

Postar um comentário