segunda-feira, 23 de agosto de 2010

QUEM É A SUA AUTORIDADE FINAL? (transcrito)



Cedo ou tarde, toda pessoa que raciocina ficará curiosa em saber para onde irá depois da morte e onde passará a eternidade. Tome alguns minutos para ler estas páginas, e você encontrará as respostas a essas perguntas.

Ao buscar respostas para as questões mais importantes da vida, precisamos consultar uma autoridade no assunto. A escolha se reduz a duas possibilidades: a opinião humana ou a Palavra Deus. É o que as pessoas supõem ou o que Deus diz.

Em questões de vida ou morte a autoridade precisa ser infalível. Não pode haver margem de erro. A opinião humana certamente não está qualificada para nos dar as respostas. Assim como os rostos das pessoas são tão diferentes, assim também as suas opiniões.

Somente a Bíblia, a Palavra de Deus, é infalível. Ela é a verdade.1 Mas como sabemos que ela é infalível?

Sabemos pelas suas profecias cumpridas. Apenas em relação a Cristo existem mais de 60 profecias que foram cumpridas quando Ele aqui esteve. Além disso, há centenas de profecias acerca de Israel e das demais nações que já se transformaram em história. A probabilidade de tudo isso acontecer por acaso é pequena demais para ser levada em consideração.

Pelo menos 40 homens em regiões diferentes, em épocas diferentes e em três línguas distintas, ao longo de um período de 1600 anos, escreveram a Palavra Sagrada. Eles não tinham qualquer maneira de colaborar entre si, no entanto, a Bíblia tem um tema unificado. A história que ela conta é consistente. Que outro livro tem um planejamento tão inteligente?

As Escrituras são inigualáveis no seu poder de transformar a vida das pessoas, de levá-las do pecado e da vergonha para a decência e a integridade.

As palavras da Bíblia são aplicáveis a todas as épocas; são atuais como o noticiário da hora.

Elas têm uma atração universal; falam às pessoas de todas as raças, línguas, tribos e nações.

São inesgotáveis, providenciando material para estudo sem fim e dando aos homens conforto e orientação.

Pense em toda literatura que a Palavra de Deus originou! Dicionários bíblicos, comentários, concordâncias, poesias e sermões. Ela inspirou grandes movimentos sociais como a abolição da escravatura, os direitos civis e a justiça social e inspirou a criação de instituições beneficentes como hospitais, escolas, orfanatos, abrigos para pobres e idosos e agências mundiais para aliviar a miséria e a fome. Ela exerceu uma influência positiva na sociedade humana onde quer que tenha chegado.

Ela é pura, expondo o pecado e advertindo contra ele. Ela não se rebaixa à cultura popular, mas procura elevá-la.

Ela é um livro vivo. Algumas pessoas realmente a temem, enquanto outras morreriam por ela.

A Bíblia afirma ser inspirada por Deus.2 Isso significa que suas palavras são as palavras de Deus. Se não fossem, ela seria uma fraude! Ainda que muitos a rejeitem, por fim reconhecerão que seus ensinos são a verdade.

A Bíblia Sagrada resistiu a séculos de esforço para queimá-la e bani-la. Mas ela sobreviveu. Quando os governos a proíbem, contrabandistas se arriscam à prisão e à morte para espalhá-la entre o povo.

Nenhum outro livro é lido por tanta gente em tantas línguas diferentes.

Esse livro maravilhoso registra a vida de uma Pessoa perfeita. Um simples homem não poderia inspirar um relato assim. O cético francês Renan disse que seria necessário um Cristo para inventar a Cristo.

Na literatura ao longo dos séculos a Bíblia se sobressai sem paralelo; ela é singular. Todos os que experimentaram seu poder transformador em suas vidas dificilmente negarão que ela é a Palavra do Deus vivo. Ou, como alguém já comentou, quem sentiu a sua força certamente não negará sua fonte.

Portanto, temos razões fortíssimas para aceitar a Bíblia como autoridade final.

O que a Bíblia diz sobre nosso destino?

Vamos pensar no que a Bíblia diz sobre o fim da vida e o que vem depois da morte.

Ela afirma que a morte é certa, pois “aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo”.3 Quem poderia questionar essa realidade?

Todos os cemitérios e funerárias são um testemunho silencioso de que a morte é bem real. Gerações vêm, gerações se vão. “Cada um pensa que será eterno, e então se torna num rosto ausente” (Will Houghton). A morte é inevitável.

A Bíblia não só diz que as pessoas terão que morrer. Ela acrescenta que “... depois disso” terá de “enfrentar o juízo”. Note a expressão “depois disso”. A morte não é o fim. Existe um depois, existe um além-túmulo. Após a morte, um julgamento e uma eternidade de sofrimento sem fim esperam pelos que não estão preparados para se encontrar com Deus. A Bíblia garante que, se alguém não estiver inscrito no Livro da Vida, será lançado no lago de fogo.4

A Bíblia também fala que há somente dois lugares onde a pessoa poderá passar a eternidade - o céu ou o inferno. O Deus que não mente fala só desses dois destinos para a raça humana. Homens ou mulheres podem decidir não acreditar, mas isso não altera os fatos.

Já que todos terão que morrer, e já que todos passarão a eternidade no céu ou no inferno, a coisa mais importante nesta vida é assegurar que o céu será nosso endereço final e definitivo.

É possível ter certeza disso? Como?

Sim, é possível estarmos absolutamente seguros:

“Estas coisas vos escrevi, a fim de saberdes que tendes a vida eterna, a vós outros que credes em o nome do Filho de Deus”. 1João 5.13

Transcrito do site: Destino Final;

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

APRENDENDO COM OS GÁLATAS PARTE 1.


"Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho;"
Gálatas 1.6

Na ocasião em que Paulo escreveu a epístola aos Gálatas, notamos que já havia um tempo em Paulo conhecia os irmãos da Galácia; ficou espantado, pois alguns falsos mestres haviam chegado a região e influenciado as vidas daqueles irmãos.

Eles conheciam o Verdadeiro Evangelho de Cristo e no entanto, deram ouvidos a esses homens de "fala mansa", com discursos "agradáveis aos ouvidos" e esqueceram da Graça de Cristo.

Hoje não é diferente:

1. Os "crentes" preferem ouvir de prosperidade, não gostam de ouvir de seus erros.

Muitas vezes o pregador da Palavra nem sabe o que está acontecendo com pessoas do auditório e quando um dos indivíduos ouve de "pecado", acha que é perseguição do pregador e logo fica indesejoso de voltar para a igreja.

2. Os "crentes" esquecem de onde vieram.

Pessoas julgam as outras criticando o pecado alheio, porém esquecem que um dia também eram miseráveis no tangente ao espiritual.
Os salvos em Cristo são pecadores também, porém pecadores redimidos; Jesus pagou um alto preço por mim. Ele morreu para perdoar "todos" os meus pecados; até mesmo os que virão no futuro!
Devemos orar pelos ímpios e também por nossos irmãos!!!

3. Devemos ouvir e aprender do Puro Evangelho de Cristo.

O Evangelho de Cristo é simples! Se confessarmos que somos pecadores e que precisamos de Cristo para nos unir a Deus, aceitando o Seu sacrifício na cruz, que Ele morreu por nós, sendo nós ainda pecadores, recebemos por Graça o dom da vida eterna.
Não temos nenhuma condenação em Cristo. Ele é o nosso advogado para com Deus o Pai.

Conclusão:
Dou graças a Deus por ter me escolhido desde o ventre de minha mãe, para anunciar as Boas Novas de Salvação.
Não quero nunca perder o amor pelas almas perdidas.
Quero a cada dia tomar a minha cruz e seguir a Jesus! Lembrando que o "fardo" que o Senhor Jesus me dá é leve, pois Ele sempre está comigo à me ajudar.
Que possamos agradar a Deus e não a homens, pois assim estaremos fazendo a vontade do Pai, como Paulo o fez (Gálatas 1.10).
Que possamos aprender com os Gálatas que, por darem ouvidos a outro "evangelho", deixaram de crer na Graça de Deus.

Que Deus abençoe!
Ricardo Hilário

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

ALEGRIA!!!


"BEM-AVENTURADO aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos. Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem."
Salmos 128.1-2

Ao ler este trecho da Palavra de Deus, vem em minha mente várias coisas... Vejo uma promessa de Deus para os tementes a Ele e que andam em Seus caminhos; mas o que mais me chamou a atenção foi a palavra "bem-aventurado".
Lembro-me também da alegria infantil, pois é pura e ingênua; assim Jesus quer que sejamos.
Bem-aventurado, em outras palavras é alegria para aquele que teme ao Senhor e anda em Seus caminhos. Isso me faz pensar em alguns pontos sobre o tema "alegria" na vida do crente e salvo em Jesus Cristo:
1. Alegria pela salvação. (João 3.17)
Jesus não veio ao mundo para me julgar, mas sim para me dar a salvação e essa dádiva é a melhor de todas, pois não sou merecedor dela, mas pela graça é que Deus me deu o privilégio de viver eternamente com Ele!!!
2. Alegria mesmo em meio as tribulações. (Atos 16.25)
Paulo e Silas estavam encarcerados por motivos da pregação do Evangelho e mesmo assim mostraram alegria em louvar a Deus quase a meia noite para que todos ouvissem.
3. Alegria pelo retorno certo e iminente de Cristo. (I Tes.5.1-11; II Tim.3.1-5;II Ped.3.3-9)
Com as leituras proféticas do retorno de Cristo, fico a cada dia mais alegre, pois todos os sinais e acontecimentos mostram que este dia está cada vez mais iminente. Muitos ficam com medo pelo calendário da profecia estar se cumprindo, mas o crente legítimo deve é ficar alegre e preparado para o encontro mais esperado da história!
4. Alegria pela certeza da vida eterna. (João 10.28; I João 5.13)
Aquele que um dia entregou a sua vida a Jesus, aceitando o sacrifício que Ele fez por toda a humanidade lá na cruz, tem a vida eterna! Fico abismado com a idéia de Armínio que deixou um ensinamento anti bíblico, um ensinamento que o crente pode perder a salvação. Poderia escrever muitos e muitos textos que reprovam este fato. O crente deve ser alegre sim, pois tem a vida eterna e recebe o Espírito Santo no ato de sua conversão.
Diante de tais alegrias só posso dizer: "MARANATA", hora vem Senhor Jesus!
Ps. Se você quer saber mais sobre a vida eterna clique no link:
Que Deus Abençoe!
Ricardo Hilário

domingo, 15 de agosto de 2010

NOTÍCIAS MISSIONÁRIAS!

"Grandes coisas fez o Senhor por nós, pelas quais estamos alegres."
Salmo 126.3
É com muita alegria que venho dar notícias do trabalho no Jd. Pérola II.
Esse ano tem sido maravilhoso e com muitos desafios... Deus tem nos abençoado e agregando irmãos que a tempos não se faziam presentes nos cultos.
Fizemos várias programações e cultos no decorrer deste ano; segue abaixo algumas fotos.
Aproveito o momento e peço a oração por minha vida e o crescimento constante da Obra do Senhor em nossas vidas alí no Jd. Pérola II.

Um grande abraço a todos e já agradeço as orações.
Ricardo Hilário

Culto de louvor.

Noite do Pastel.

Aniversariantes do 1º semestre.

Bênção no lar.

Caminha e semeia Igreja. Dia das mães. Vigilia. Vigilia.
Estes são alguns do trabalhos realizados para a honra e glória de Jesus.
"Não que sejamos capazes por nós mesmos... a nossa capacidade vem de Deus"

terça-feira, 10 de agosto de 2010

"TESTEMUNHO DE UM EX-MÓRMOM"

Segue o testemunho do amigo e seguidor do Blog do Hilário; tive o prazer de conversar e conhecer um pouco desse nosso irmão.
Quero aqui, abrir o espaço para você testemunhar também daquilo que o Senhor Jesus têm feito em sua vida. Faça isso através de um breve testemunho. Se você quer participar, mande um e-mail para mim: ricardohilario1@terra.com.br.
Deus abençoe!
Ricardo Hilário

Testemunho de um Ex-Escravo das Religiões
(revisado em 10/06/2008 – título anterior Testemunho de um Ex-Mórmon)
Minha vida.
Quase morri ao nascer em 27/07/1989, pois sou prematuro de seis meses. Eu e meu irmão gêmeo, André Luiz, graças a Deus sobrevivemos. Sempre gostei de ler. Li vários livros de literatura nacional e internacional. Fui atropelado em 2001, mas nada sofri. Sou Líder comunitário desde os 16 anos porque gosto do envolvimento com a visa social e política da cidade. Destaco-me por uma inteligência diferenciada dos adolescentes dada a minha paixão pelo saber. O mundo à minha volta me incita a estudá-lo. Gosto da boa música dos anos 60, 70 e 80, também da clássica e de óperas. Aprecio também o teatro e filmes comoventes e me emociono facilmente com a singeleza dos atos simples da vida dos homens e até da natureza. Gosto de acompanhar a vida política em minha cidade e já fui membro do partido PFL (atual DEM) e agora PRB; fui até presidente do movimento juvenil do PRB Teresópolis por 10 meses e amigo de lideranças políticas municipais e federais. Ultimamente tenho sido convidado para integrar o PT e o PRB. Devo esse apego à vida política ao meu pai que foi vereador em Espera Feliz, MG. Atuo como Jornalista e conheço vários jornalistas. Cheguei a funda um jornal no período do segundo grau.

Minha vida sem Deus.
Fui membro batizado do catolicismo por treze anos - Estudante das Testemunhas de Jeová por um ano - membro batizado do mormonismo por quatro anos.

Como me converti ao Senhor Jesus Cristo.
Tudo começou em Agosto de 2007 quando eu presencie o Elder (Missionário SUD) mandar um evangélico, líder de uma Igreja Assembléia de Deus, calar a boca. Comecei a ler a Bíblia sem pensar em religião. Eu estava muito triste pensando em findar a minha vida. Comecei a ler em 20 Setembro 2007 a Bíblia toda. No meio da leitura da Bíblia tinha muitas dúvidas a respeito da Igreja SUD. Comentei sobre tais dúvidas com um amigo batista chamado Marcos Alexandre (Ninho) e um membro da Igreja SUD de Curitiba PR chamado Daniel Teixeira (além de mórmon ele é maçom).
Na Igreja SUD nós líamos a Bíblia com manuais da Igreja ao lado. Ou seja, a igreja pensava por nós. Então, pra mim foi uma supresa essas passagens bíblicas. Aí, em dezembro 2007 já tinha me formado no Seminário SUD e recebido o Sacerdócio de Melquisedeque da Igreja SUD no oficio de ELDER do mais velho portador do Sacerdócio da Igreja SUD em Teresópolis o senhor Dieter Shaffer. Ele era também o mais velho membro da Igreja SUD em Teresópolis; tem 50 anos de batismo na Igreja SUD. Foi ele quem deu o primeiro sacerdócio de melquisedeque a um membro negro da igreja SUD.
Eu já tinha batizado três pessoas e confirmado como membro a outros três e dado o sacerdócio a um na igreja e levado a igreja umas 80 pessoas junto aos missionários da Igreja SUD de Teresópolis. Tinha sido também considerado o Jovem mais inteligente da Igreja SUD em Teresópolis RJ. Os membros me chamavam de Ph-D (Embora não existe este titulo nas capelas SUD; só na Universidade). Já estava me preparando para MISSÃO SUD de Tempo Integral a partir de Julho de 2008, mas dentro de mim era um vazio e eu não tinha tempo pra mim. Chegava à Igreja as 6 da manhã e saía às 20 horas. Eu era um “FARISEU”. Era conhecido por pessoas nos Estados Unidos e todos os estados brasileiros, mas a Bíblia falava mais alto que qualquer coisa.
Eu tinha tudo e ao mesmo tempo não tinha nada. Quando decidi sair da Igreja pensei e chorei muito de arrependimento ao me lembrar que coloquei tantas pessoas naquela igreja. Na madrugada do ano-novo 2007/2008 OREI ao SENHOR JESUS CRISTO INVOCANDO-O E ACEITANDO-O COMO MEU SALVADOR E A BÍBLIA COMO PALAVRA DE DEUS, rejeitando qualquer ensinamento não-bíblico e parei de ir às religiões para satisfazer o Ego. Na Igreja SUD fui EXCOMUNGADO no dia 02-03-2008 por não aceitar mais as suas doutrinas e práticas. (Ler: Filipenses 3:7-9)

Minha vida agora com Jesus.
Hoje minha vida é relativamente boa, continua a mesma com a diferença de que tenho Jesus em meu coração. Dizem até que sou um Martinho Lutero moderno, mas a verdade é que sou de Jesus Cristo. Hoje se eu com minha vida não transmitir o amor de Deus por meio Jesus Cristo então prefiro que Deus tire a minha vida. Lembro-me do que disse o Marechal Rondon e faço das palavras dele um lema de vida: “MORRER SE PRECISO FOR, MATAR NUNCA”. Não cultivo em meu coração raiva ou ódio pela liderança mórmon que me ensinou a crer em mentiras, antes desejo que eles e todos os membros dessa igreja sejam salvos pelo mesmo sangue que me purificou e salvou – o SANGUE DE JESUS CRISTO.

“Ninguém despreze a tua mocidade; mas seja exemplo dos fiéis na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza; persiste em ler, exortar e ensinar; não despreze o dom que há em ti. Medita estas coisas; ocupa-te nelas para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos” (1ª Timóteo 4:12-16 ACF)

Marcos Vinicios Habib Moreira
Cristao Fundamentalista / Jornalista
Membro Centro de Pesquisas Religiosas ( CPR )
Membro da Primeira Igreja Batista em Teresopolis-RJ