quinta-feira, 19 de agosto de 2010

APRENDENDO COM OS GÁLATAS PARTE 1.


"Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho;"
Gálatas 1.6

Na ocasião em que Paulo escreveu a epístola aos Gálatas, notamos que já havia um tempo em Paulo conhecia os irmãos da Galácia; ficou espantado, pois alguns falsos mestres haviam chegado a região e influenciado as vidas daqueles irmãos.

Eles conheciam o Verdadeiro Evangelho de Cristo e no entanto, deram ouvidos a esses homens de "fala mansa", com discursos "agradáveis aos ouvidos" e esqueceram da Graça de Cristo.

Hoje não é diferente:

1. Os "crentes" preferem ouvir de prosperidade, não gostam de ouvir de seus erros.

Muitas vezes o pregador da Palavra nem sabe o que está acontecendo com pessoas do auditório e quando um dos indivíduos ouve de "pecado", acha que é perseguição do pregador e logo fica indesejoso de voltar para a igreja.

2. Os "crentes" esquecem de onde vieram.

Pessoas julgam as outras criticando o pecado alheio, porém esquecem que um dia também eram miseráveis no tangente ao espiritual.
Os salvos em Cristo são pecadores também, porém pecadores redimidos; Jesus pagou um alto preço por mim. Ele morreu para perdoar "todos" os meus pecados; até mesmo os que virão no futuro!
Devemos orar pelos ímpios e também por nossos irmãos!!!

3. Devemos ouvir e aprender do Puro Evangelho de Cristo.

O Evangelho de Cristo é simples! Se confessarmos que somos pecadores e que precisamos de Cristo para nos unir a Deus, aceitando o Seu sacrifício na cruz, que Ele morreu por nós, sendo nós ainda pecadores, recebemos por Graça o dom da vida eterna.
Não temos nenhuma condenação em Cristo. Ele é o nosso advogado para com Deus o Pai.

Conclusão:
Dou graças a Deus por ter me escolhido desde o ventre de minha mãe, para anunciar as Boas Novas de Salvação.
Não quero nunca perder o amor pelas almas perdidas.
Quero a cada dia tomar a minha cruz e seguir a Jesus! Lembrando que o "fardo" que o Senhor Jesus me dá é leve, pois Ele sempre está comigo à me ajudar.
Que possamos agradar a Deus e não a homens, pois assim estaremos fazendo a vontade do Pai, como Paulo o fez (Gálatas 1.10).
Que possamos aprender com os Gálatas que, por darem ouvidos a outro "evangelho", deixaram de crer na Graça de Deus.

Que Deus abençoe!
Ricardo Hilário

Nenhum comentário:

Postar um comentário