quinta-feira, 26 de março de 2009

2º CULTO DO AMIGO.


No dia 29 de Março (Domingo), às 19h30, aconteceu mais um "Culto do Amigo" nas dependências da 1ª Igreja Batista Bíblica no Jd. Pérola II, Cid. Tiradentes.

Na ocasião estivemos celebrando a amizade com um culto ao nosso Deus. Também houve uma confraternização em comemoração por mais um ano de vida dos aniversariantes do 1º trimestre.
Para a glória de Deus, houve também 4 adultos e várias crianças indo à frente da Igreja, entregando suas vidas a Jesus.
Foi um grande presente de Deus!
Deus abençoe a todos quanto nos ajudaram!
Ricardo Hilário

QUE SUPRIMENTO!


O Senhor é meu Pastor; portanto, não me faltará SUPRIMENTO
“Preparas uma mesa perante mim” (Salmos 23:5)


A responsabilidade do pastor oriental é cuidar que as ovelhas sejam levadas a lugares onde há abundância de alimento e água. O pastor que frequentemente guia suas ovelhas a lugares onde “não possa preparar-lhes mesa à sua frente”, logo ficará sem rebanho ou sem emprego! A ovelha é incapaz de encontrar pastagem por si mesma. A pastagem tem que ser preparada pelo pastor. Como isso se parece com a nossa situação, nesse mundo sem pastos!


É nessa situação que aparece novamente o Senhor Jesus e Se oferece ao salvo como Pastor que sabe onde está o suprimento e como prepara-lo. Nosso Pastor traz, na largura de Seu peito, estas maravilhosas palavras de segurança: “Meu Deus suprirá todas as vossas necessidades, segundo suas riquezas em glória por Cristo Jesus”. Verdadeiramente, um dos nomes de nosso Deus é El Shaddai, cuja significação é “aquele que nutre”. É dele que recebemos nossa nutrição. É Aquele que, em Si mesmo, é o manancial de todo o nosso suprimento.


Muito progrediremos ao entendermos que a provisão de nosso querido Salvador para nós não é uma porção de “coisas”, mas é a Si mesmo.
Temos várias coisas que encontramos de suprimentos no Senhor Jesus:

No Senhor temos vida que nunca pode ser perdida; uma relação que nunca pode ser abalada; uma justiça que nunca pode ser mudada; uma aceitação que nunca pode ser posta em dúvida; um advogado que não perde causa alguma; um título que nunca pode ser apagado, o título de salvo e cidadão do céu! Uma justificação que nunca pode ser revertida; um selo que nunca pode ser quebrado; uma herança que nunca pode ser tirada; uma riqueza que nunca pode ser diminuída; uma paz que nunca pode ser destruída; uma alegria que nunca pode ser suprimida; um amor que nunca pode ser abatido; uma graça que nunca pode ser interrompida; uma força que nunca pode ser diminuída; um poder que nunca pode ser tirado; uma salvação que nunca pode ser anulada; um perdão que nunca pode ser rescindido; um livramento que nunca pode ser interrompido; uma segurança que nunca pode ser tirada; um consolo que nunca pode ser reduzido; um vitorioso que nunca pode ser conquistado; uma ressurreição que nunca pode ser impedida; uma glória que nunca pode perder suas cores.

Sim, Cristo é tudo na visão do Pai. Cristo é tudo na mensagem do Espírito. Cristo é tudo nas páginas das Escrituras Sagradas. Cristo é tudo na manhã da Criação. Cristo é tudo na meia-noite do pecado. Cristo é tudo na Graça espiadora. Cristo é tudo em tudo!Essa é a mesa que Ele prepara para nós, nas pastagens verdejantes que, de outra maneira, seriam dificuldades invencíveis e insolúveis. Certamente podemos dizer como Davi: “o Senhor é meu Pastor; portanto, não me faltará suprimento.


Que Deus abençoe!

Ricardo Hilário

quarta-feira, 25 de março de 2009

QUE CONSOLAÇÃO.

O Senhor é meu Pastor; portanto, não me faltará CONSOLO.
“Tua vara e teu cajado me consolam” (Salmos 23:4)
Estamos vivendo em um mundo que não há o mínimo de consolo. Cada um se encontra tão atarefado, a cuidar de seus próprios males, que bem pouco tempo tem para cuidar dos males alheios. Este é um mundo solitário e sem amor.
É em face dessa situação que surge o Senhor Jesus para oferecer-Se a nós na qualidade de um Pastor de consolo e graça sustentadora, na hora da tristeza humana.
Jesus Cristo vem te consolar quando o sol se apaga e todas as estrelas desmaiam de seu céu de esperanças. Um dos ministérios desse Pastor é nos animar e dar consolo.
É justamente na hora de mais profunda tristeza que, com mais freqüência, descobrimos quão grandioso e sustentador é realmente o nosso Pastor, Jesus Cristo!
Isaías 43:1-3, o Senhor nos dá algumas garantias, na posição de consolador. Diz: “quando passares pelas águas ESTAREI CONTIGO, quando pelos rios, ELES NÃO TE SUBMERGIRÃO; quando passares pelo fogo, NÃO TE QUEIMARÁS, NEM CHAMA ARDERÁ EM TI. PORQUE EU SOU O SENHOR TEU DEUS, O SANTO DE ISRAEL, O TEU SALVADOR;”

Esses versículos não prometem que ficaremos livres das tristezas. Não garantem que os dilúvios e fogos da tristeza e da aflição não virão; mas garantem que quando vierem, o Pastor atravessará juntamente conosco, e providenciará para que os dilúvios não nos submerjam e para que as chamas não nos abrasem. Nos dias de Noé Ele provou estar à altura de Sua palavra, bem como nos dias dos três jovens hebreus. E até o presente continua provando estar à altura de Sua Palavra.
Em nossos tristes dias e experiências ficamos inclinados a sentir que Deus está tão ocupado, cuidando do universo, das pessoas que tem outros problemas e dificuldades, que não tem tempo de ouvir nossa humilde oração e súplica. O que o Senhor nos assegura e devemos confiar é que Ele sempre está conosco a nos guiar, amparar e proteger; em todos os momentos ele está conosco.
Deus é dono de todo o universo, inúmera as estrelas e tudo sustenta. É um Deus assim que deixou o Seu trono e veio na pessoa de Jesus Cristo libertar o homem da escravidão do pecado; é esse Deus, na pessoa de Jesus Cristo que, hoje, espera para poder penetrar diretamente no coração mesmo de tua tristeza e cura-la pelo toque de Sua mão traspassada pelo cravo.

O Senhor é o meu Pastor, portanto, não me faltará consolo!
Deus abençoe!
Ricardo Hilário

terça-feira, 17 de março de 2009

FINAL DE SEMANA NO JD. PÉROLA II

"ALEGREI-ME quando me disseram: Vamos à casa do SENHOR." Salmo 122:1
É assim que o povo de Deus na 1ª Igreja Batista Bíblica no Jd. Pérola II está se sentindo.
Deus tem nos abençoado muito grandemente, nos dando bênçãos sem fim, reavivamento espiritual, e muitos motivos de louvor.

Quando leio Atos 2:47 "E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.", fico vendo o que Deus fez na igreja de Jerusalém e que igualmente tens feito em nosso meio.

Na última sexta-feira, estivemos reunidos na igreja em nossa 1ª vigília de oração, louvor e adoração. Foi uma enorme bênçao! Estávamos com 80% dos irmãos da igreja presentes. Deus falou poderosamente e nós sabemos que Ele nos ouviu.

No domingo tivemos mais um culto abençoado por Deus onde, a exemplo da semana passada, precisamos colocar mais cadeiras na nave do templo. Deus tem acrescentado almas e àqueles que Deus tem preparado a Salvação, em nome do Senhor Jesus Cristo.

Peço a você, caro leitor, que ore pelo trabalho que Deus tem realizado ali naquele lugar.
Agradeço a Deus por todos os irmãos que me tratam com tanto carinho, amor e zelo! Deus há de recompensar tudo o que os amados estão fazendo por mim... Me lembro da felicidade de Paulo ao escrecer a carta aos Filipenses 1:3-11 e agora etendo toda a felicidade e saudade de Paulo aos irmãos de Filipo.
Que Deus continue nos abençoando!
Ricardo Hilário

"Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Jesus Cristo;" Filipenses 1:6

sexta-feira, 13 de março de 2009

ESCALA DE VALORES


Recebí este texto e quero compartilhar com todos...

Primeiro Deus - por último a Igreja !

A escala de valores de muitos cristãos está desordenada. Deixamos que aquilo que é urgente tome o lugar daquilo que é importante. Portanto, mesmo tendo os valores e prioridades devidamente ordenados no conceito mental, alguns de nós não conseguem tê-los na prática. A primeira coisa a ser feita ao ordenarmos nossos passos, é conhecer a escala de valores do ponto de vista de Deus. Depois, é lutar por fazê-la funcionar!
Deus em Primeiro Lugar
Não há nada, absolutamente nada que possa ocupar o primeiro lugar de nossas vidas, a não ser Deus. O mandamento dado a Moisés foi lembrado e enfatizado pelo próprio Senhor Jesus: "Aproximou-se dele um dos escribas que os ouvira discutir e, percebendo que lhes havia respondido bem, perguntou-lhe: Qual é o primeiro de todos os mandamentos? Respondeu Jesus: O primeiro é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de todas as tuas forças. E o segundo é este: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que esses." (Marcos 12.28-31)
Amar ao Senhor de todo o nosso coração, alma, entendimento e forças, é colocá-lo em primeiro lugar nas nossas vidas. Jesus deixou bem claro a qualquer que quisesse seguí-lo como discípulo, que deveria reconhecê-lo em primeiro lugar em suas vidas, na frente das pessoas que normalmente nos são as mais amadas e queridas: "Se alguém vier a mim, e não aborrecer a pai e mãe, a mulher e filhos, a irmãos e irmãs, e ainda também à própria vida, não pode ser meu discípulo. Quem não leva a sua cruz e não me segue, não pode ser meu discípulo.Assim, pois, todo aquele dentre vós que não renuncia a tudo quanto possui, não pode ser meu discípulo." (Lucas 14.26,27 e 33)
O Senhor deve estar na frente dos pais, cônjuges, filhos e qualquer outro familiar. Deve ser o primeiro valor em nossa lista ou escala de prioridades. Deve vir antes de nossa própria vida. Deve vir antes de nossos bens ou qualquer outra coisa. Quando falamos sobre o Deus vir antes, não é porque as coisas que nos dispomos a renunciar não tem mais lugar em nossas vidas e sim que elas vêem depois. Por exemplo, se o meu cônjuge, incomodado com minha fé me dá um ultimato e me manda escolher entre ele ou Deus, me disponho a sacrificá-lo e ficar com Deus, pois Deus é o maior valor de minha vida. Mas, se mesmo não sendo cristão, meu cônjuge não se importa que eu busque ao Senhor, então ele passa a ser meu segundo maior valor ou prioridade (1Co 7). O primeiro lugar de nossa vida, indiscutivelmente é de Deus:

"Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." (Mateus 6.33)

Isto não quer dizer que as outras coisas não cabem em nossas vidas, mas que elas vêem DEPOIS de Deus.
transcrito
(Continua...)
Que Deus abençoe!
Ricardo Hilário

ESCALA DE VALORES 2


Família em Segundo Lugar

Muita gente tem errado ao pensar que a igreja ou o ministério vem depois de Deus. É como um caso que ouvimos.

Uma senhora do interior de São Paulo disse que Deus a chamou para uma missão e desapareceu de casa por mais de um mês. Quando os irmãos da congregação perceberam o que estava acontecendo, tiveram que cuidar dos filhos desta mulher que não tinham o que comer e nem vestir. O marido estava furioso porque roupas chegaram a apodrecer no tanque enquanto a família aguardava ansiosa o término da "missão". Isto é um absurdo! Uma mulher destas nunca leu a Bíblia! Até no caso de diminuir a intensidade do contato físico para se dedicar à oração, o casal deve estar em acordo (1Co 7.5). Mas aquela mulher não consultou seu marido, ela apenas disse: - "Deus me chamou e eu estou indo". E ainda por cima dizia que o marido era "carnal" a ponto de não discernir a voz de Deus...

Veja o que as Sagradas Escrituras ensinam acerca do lugar da família na nossa escala de valores:

"Mas, se alguém não cuida dos seus, e especialmente dos da sua família, tem negado a fé, e é pior que um incrédulo." (1 Timóteo 5.8 )

Não há dúvida que a família é nossa segunda prioridade depois de Deus. Se alguém negligenciar sua família por causa da igreja, do ministério, ou de qualquer outra coisa, por mais "espiritual" que pareça, está contra a Palavra de Deus!

Paulo disse que tal pessoa está negando a fé e é pior do que um incrédulo! Agora veja, Paulo estava falando com os crentes que iam à igreja mas estavam negligenciando o lar.

Logo, concluímos que a família vem antes da igreja na nossa escala de valores. Há um outro texto que mostra claramente a família como uma prioridade antes da igreja e do ministério. É o conselho pastoral que Paulo queria estender a todos os ministros debaixo da supervisão de Timóteo: "É necessário, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma só mulher, ... que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com todo o respeito (pois, se alguém não sabe governar a sua própria casa, como cuidará da igreja de Deus?" (1 Timóteo 3.2,4 e 5)

Observe que o homem de Deus deve ser exemplar quanto à sua família. Fiel à sua esposa, e governando bem sua casa e seus filhos, caso contrário não poderá cuidar da igreja e ministério. A Palavra de Deus não deixa a menor sombra de dúvida quanto ao lugar que nossa família deve ter na nossa escala de valores. Mas muitos cristãos tem negligenciado a sua família. Muitos pais que não dão tempo e atenção aos seus filhos se queixam de vê-los desviados, mas não se apercebem que estão andando em desordem. Há esposas perdendo seus maridos e vice-versa, porque não os colocaram no lugar certo na escala de valores. É hora de ordenarmos nossos passos e darmos a atenção, honra e dedicação devida à família.

transcrito

(continua...)

Que Deus abençoe!

Ricardo Hilário

ESCALA DE VALORES 3


Trabalho em Terceiro Lugar

É impressionante a facilidade com que nos levamos aos extremos.
De um lado, temos na igreja, pessoas que são viciadas em trabalho e cujas vidas não estão em ordem, pois desrespeitaram a escala bíblica de valores, pondo o trabalho em primeiro lugar. De outro, temos aqueles que relegaram ao trabalho o último lugar na sua escala de valores, ou que nem mesmo colocam o trabalho em suas prioridades!
Quando a Bíblia fala daquele que não cuida da sua família sendo pior do o descrente (1 Tm 5.8 ), está falando, no contexto, sobre sustento material, sobre provisão das necessidades físicas. Um cristão que não leva a sério o trabalho, à ponto de deixar sua família passar necessidade, está violando dois valores importantíssimos que vem logo depois de Deus! O trabalho é uma ordem bíblica. É o meio do homem sustentar sua casa e viver dignamente. Além disto, por meio do seu ganho ele também poderá servir ao reino de Deus e ao necessitado: "Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as próprias mãos o que é bom, para que tenha com que acudir ao necessitado" (Efésios 4.28 )
A Palavra de Deus também diz que aquele que não trabalha está andando desordenadamente, fora do plano divino: "Porque, quando ainda convosco, vos ordenamos isto: Se alguém não quer trabalhar, também não coma. Pois, de fato, estamos informados de que entre vós há pessoas que andam desordenadamente, não trabalhando; antes se intrometem na vida alheia. A elas, porém, determinamos e exortamos, no Senhor Jesus Cristo, que, trabalhando tranqüilamente, comam o seu próprio pão." (2 Tessalonicenses 3.10-12)
O mandamento de Deus é claro: quem não trabalha, não deve ser sustentado pelos outros! Cada homem tem a obrigação e responsabilidade de se envolver com o trabalho; isto não apenas o proverá quanto às suas necessidades, mas ocupará corretamente o seu tempo, livrando-o de outros problemas.
Paulo se orgulhava de nunca ter sido um peso para ninguém, e de suas próprias mãos (seu trabalho) terem lhe provido o sustento (Atos 20.34).
Mesmo quando Deus chama alguém para o ministério de tempo integral (o que também é trabalho), deve-se ter a sensibilidade de reconhecer que em determinados momentos, devido à falta de recursos, nada há de errado em se trabalhar secularmente até que a condição de sustento mude; foi isto que aconteceu com Paulo em Corinto (Atos 18.1-5).

Na vida dos que se dedicam de tempo integral, o ministério se enquadra na prioridade "trabalho". Jesus ao enviar seus discípulos para pregar e ministrar ao povo, aplicou a eles o termo "trabalhadores" e mencionou seu direito de salário, que é a recompensa legítima do trabalhador (Mateus 10.7-10).
Alguns estudantes crentes não sabem onde devem colocar seus estudos nestas escala. Considerando que o estudo é um meio de profissionalização e preparo para melhores trabalhos, deve ser colocado no mesmo lugar que o trabalho. Algumas famílias conseguem manter seus filhos somente estudando sem que trabalhem, mas a maioria não. Portanto devemos aconselhar e encorajar nossos jovens que enfrentem a correria de exercer as duas atividades, pois independentemente da necessidade financeira o trabalho engrandece e amadurece a pessoa.
transcrito
(continua...)
Que Deus abençoe!
Ricardo Hilário

ESCALA DE VALORES 4


Igreja em Quarto Lugar


Para muitos parece falta de espiritualidade deixar a igreja depois da família e do trabalho, mas esta é a forma correta de encarar nossas prioridades. Mas note que estamos falando de valores e sua ordem, e não sobre a escolha de quais destes fatores terão lugar ou não em nossas vidas.

Todos eles devem ter lugar em nossas vidas. O fato da família vir antes que a igreja, não me dá o direito de não ir à igreja. Isto significa apenas que eu não devo negligenciar minha casa por causa da igreja, mas não me dá o direito de abandonar a igreja.

Muitas pessoas não vão aos cultos para passear com a família, e isto é errado.

Devemos passear com nossos familiares, mas isto deve ser programado a fim de não coincidir com outros valores, como o horário do culto na igreja. Não podemos deixar de nos envolver com a igreja: "não abandonando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia." (Hebreus 10.25).

É necessário que o crente em Jesus seja fiel em freqüentar sua igreja. Não apenas porque ali ele é edificado e fortalecido, mas principalmente porque esta é forma de andarmos debaixo de cobertura espiritual.

Precisamos uns dos outros; precisamos do relacionamento com os irmãos!

A Bíblia diz que o que vive isolado insurge-se contra a verdadeira sabedoria (Provérbios 18.1).

Embora vindo depois da família e do trabalho, a igreja é um valor precioso que deve vir antes de qualquer outra coisa ligada à vida social. S

e dermos o valor devido a cada uma destas atividades, mantendo-as em ordem na escala de valores e respeitando esta ordem em nosso dia-a-dia, deixaremos de ter muitos dos problemas que já tem nos incomodado.

transcrito

Que Deus abençoe!

Ricardo Hilário

segunda-feira, 9 de março de 2009

SÓ BENÇÃOS!


É com muita alegria que compartilho com todos os leitores, as bênçãos que Deus tem derramado no trabalho em Cid. Tiradentes - Jd. Pérola II.

Neste último domingo, tivemos dois trabalhos especiais além da Escola Bíblica Dominical:

1º foi o Culto de gratidão a Deus, na residência dos irmãos João e Nelma, em comemoração ao 17º aniversário da filha Elaine, com a presença de muitos irmãos.

2º foi o "culto especial do amigo", onde foi preciso colocar mais cadeiras no templo para acomodação das pessoas. Louvamos ao Senhor pelas almas que sentregaram-se a Jesus e agora possuem o verdadeiro Amigo.

Esses foram os visitantes

Que Deus abençoe a todos envolvidos no trabalho e que mais bênçãos do Senhor sejam derramadas em nossas vidas!

Ricardo Hilário

sábado, 7 de março de 2009

A VIDA CONSISTE EM ESCOLHAS

Mauro era um tipo de pessoa que todos adorariam conhecer. Ele sempre estava de bom humor e sempre tinha algo positivo para dizer. Quando alguém lhe perguntava: "Como vai você?", ele respondia: "Melhor que isso, só dois disso!".
Um dia perguntei-lhe:
- Como você consegue ser uma pessoa tão positiva o tempo todo?
- Toda manhã eu acordo e digo a mim mesmo: Mauro, hoje você tem duas escolhas: ficar de bom humor ou ficar de mal humor. Então, eu escolho ficar de bom humor. E repito esta decisão o dia inteiro, a cada instante. Se alguém me irrita ou reclama de alguma coisa, seja do jeito certo ou não, eu escolho continuar de bom humor e tentar ver o lado positivo da situação.
- Mas, não e tão fácil assim, Mauro!
- É fácil, sim! A vida consiste em escolhas.
As palavras de Mauro não eram vazias. Ele realmente havia decidido viver de bem com a vida, e isso ficou muito bem estabelecido quando Mauro foi assaltado e levou três tiros. Por sorte, foi socorrido à tempo.Ele conta que naquela hora tomou duas decisões:A primeira decisão que tomou, foi que queria viver, fosse como fosse. Mesmo que ficasse paralítico, não iria desistir da vida (essa sua obstinação facilitou o serviço de toda a equipe médica que o atendeu).
A segunda decisão, foi que iria passar aqueles terríveis momentos do melhor jeito que lhe fosse possível, e foi isso mesmo que ele fez. Quando os paramédicos lhe perguntaram se era alérgico à alguma coisa, Mauro, apesar de estar sangrando e gravemente ferido, fez com que todos caíssem na risada:
- Sou alérgico a bala!
Qual a decisão que você tem tomado? Uma decisão pode valer para toda a vida e ainda transpor à eternidade...
Faça a escolha certa!
Que Deus abençoe!
Ricardo Hilário

quarta-feira, 4 de março de 2009

AINDA É POSSÍVEL OUVIR A VOZ DE DEUS!

Êxodo 19:5 - "Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos, porque toda a terra é minha."

O mundo está muito distante das coisas de Deus. Nestes dias em que há tantas coisas que desviam nossos pensamentos, fica mesmo difícil saber o que Deus tem a nos dizer. Mas podemos ouvir a voz do Senhor, se estivermos atentos à Sua palavra, e em comunhão com Ele. Uma das melhores maneiras de comungar com Deus é através da oração. Devemos conversar com nosso Pai Celestial, contar-lhe de nossas alegrais e pesares como se o fizéssemos ao nosso melhor amigo. “A oração é o abrir do coração como a um amigo”. Lendo e examinando as Escrituras (João 5:39) estamos ouvindo a voz de Deus, pois a Bíblia é a Sua palavra escrita (João 17:17; II Timóteo 3:16). Orando falamos a Deus; lendo a Bíblia Deus fala a nós – há uma comunhão perfeita! Devemos, como cristãos, testemunhar do amor que Deus manifestou para conosco ao ouvirmos Sua voz nas Escrituras Sagradas. Este passo é fundamental para nosso crescimento espiritual.
Conta-se uma história que um amigo levou um índio para passear no centro de São Paulo. Seus olhos não conseguiam acreditar na altura dos edifícios e ele mal conseguia acompanhar o ritmo frenético das pessoas indo e vindo. Ficava espantado com o barulho ensurdecedor das sirenes, dos automóveis e das pessoas falando em voz alta. De repente o índio falou:
- Estou ouvindo um grilo...
O amigo espantado retrucou: - Impossível ouvir um inseto tão pequeno nessa confusão!
O índio insistiu que ouvia o cantar de um grilo. Tomando o amigo pela mão, o levou até um canteiro de plantas. Afastando as folhas, apontou para o pequeno inseto.
- Mas, como? - Perguntou o amigo, ainda sem crer.
O índio lhe pediu algumas moedas, e então as jogou na calçada. Quando elas caíram e se ouviu o tilintar do metal, muita gente se voltou.
Então o indígena falou: - Escutei o grilo porque o meu ouvido está acostumado com este tipo de barulho. As pessoas aqui ouvem o dinheiro caindo no chão porque se acostumaram a reagir a esse tipo de estímulo.
Então, concluiu dizendo: - A gente ouve o que está acostumado ou treinado a ouvir.
Amados irmãos e amigos, ainda é possível ouvir a voz de Deus; e vamos ver algumas ocasiões em que Deus fala conosco.
1. MESMO EM MEIO AS DIFICULDADES
a) Lembra-se da dificuldade que Moisés tinha? (Então disse Moisés ao Senhor: Ah, meu Senhor! eu não sou homem eloqüente, nem de ontem nem de anteontem, nem ainda desde que tens falado ao teu servo; porque sou pesado de boca e pesado de língua.) Ex.4:10. A última dificuldade de Moisés. Deus não comete erros; Ele sabia do que Moisés era capaz. Deus disse: “Eu serei com a tua boca.” Acredita-se que Moisés era gago; mas Deus viu um servo fiel em Moisés e capacitou a ele. A ajuda veio, com a fraqueza de Moisés, Deus enviou a Arão como “profeta” de Moisés. Mas no desenrolar da história, entretanto, parece que Moisés, com coragem crescente, foi cada vez mais tomando o seu lugar de líder.
b) E Josué então? Estava em luto, mas Deus tinha o escolhido para ser líder em Israel para entrar na Terra prometida. (Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel.) Jos.1:2. Certamente Josué se perguntava: “e agora, o que faremos? Sem Moisés não poderemos fazer nada.” Deus tem os Seus propósitos! Deus animou a Josué v.9 (Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares). Deus tem falado a você através da Sua palavra! Ele deixou exemplos de vida para que sigamos as coisas boas e não cometamos os erros...
Nas suas dificuldades e tristezas, Deus é contigo!!! Ouça a voz d’Ele e seja fiel!
2. MESMO VIVENDO NO SÉCULO XXI
Num mundo globalizado, onde tudo tem de ser expresso, urgente, muitas vezes Deus fica em segundo, terceiro, quarto... plano. Como tem andado a sua vida com o Senhor? Devocionais, você tem tido tempo de ler a Palavra de Deus? E a oração? Qual a freqüência em que conversa com o Pai?
Mesmo no século em que vivemos, Deus fala conosco: pela Palavra, pelos pregadores, circunstâncias... e acima de tudo, Jesus nos enviou o Consolador que está conosco em todo o tempo, o Espírito Santo.
Como você tem tratado a sua Bíblia? Certa vez, recebi um e-mail curioso. O mesmo dizia mais ou menos assim: “A Bíblia e o celular. Será que tratamos a Bíblia como a um celular? CELULAR: Não podemos sair de casa sem ele, se esquecemos voltamos logo para buscar. Se está sem bateria, mesmo sabendo que ninguém ligaria, ficamos curiosos pra saber se ninguém ligaria mesmo. E quando vamos para um lugar que não tem cobertura, então? BÍBLIA: Muitas vezes vamos às reuniões na Igreja e esquecemos ela (como pode esquecermos?), mas dificilmente voltamos para buscar, pois “eu leio junto com o meu irmão do lado”. Ela nunca fica sem bateria ou fora de área, Ela sempre está em conexão com o Dono Dela (Deus). Ela não falha!!!”
Essa é a nossa ferramenta principal no século em que vivemos, A BÍBLIA! DEUS NOS FALA MESMO EM NOSSA “CORRERIA” DO DIA A DIA, É SÓ PARAR E OUVIR!
3. MESMO ÀS VEZES NÃO PERCEBENDO, MAS ELE SEMPRE NOS FALA COM AMOR
Jó não sabia o porquê de tanta tribulação, mas ele permaneceu fiel! Deus tinha um plano, e ao final, abençoou Jó com o dobro de coisas que ele tinha no estado inicial. (Jó 42:10)
Deus usou de amor (porque Deus é amor), em tudo estava cuidando de Jó.
Deus nos ama de tal forma, que deu o Seu Filho Jesus Cristo para morrer pelos nossos pecados e nos tornar justos perante Ele.
João 3:16 diz que o amor de Deus foi tão grande, que o resultado desse amor também é grande, que é a Vida Eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor!
Muitas vezes, você tem passado desapercebido por essa benção, ou até mesmo tem essa benção mas não passa à outros.
Todo aquele que crer em Jesus, tem a vida Eterna! Jo.6:37 (Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora).
Meu amado irmão, amigo, se você ainda se pergunta: “Será que posso perder a salvação?”, Deus tem algumas “coisinhas” a lhe falar:
Jo.3:36 – “Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece.”
Jo.5:24 – “Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.”
Jo.6:47 – “Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna.”
Jo.6:54 – “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.”

Amigo leitor, caros irmãos, neste mundo em que vivemos, a voz de Deus é pouco ou nada ouvida. A televisão, tem feito com que as pessoas não ‘tenham tempo’ de falar com Deus. Com isso, muitos ficam com o coração endurecido à voz do Pai. Na primeira carta de Paulo a Timóteo 4:1 e 2, lemos: “Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios, pela hipocrisia dos que falam mentiras e que têm cauterizada a própria consciência” Dediquemos tempo a Deus; não permitamos que “outras vozes” falem mais alto ao nosso coração. O Espírito Santo quer nos guiar diariamente a fim de que possamos chegar até a eternidade; Deus prometeu que Ele estaria conosco: “E os teus ouvidos ouvirão a palavra do que está por detrás de ti, dizendo: Este é o caminho, andai nele, sem vos desviardes nem para a direita nem para a esquerda.” (Isaías 30:21)

“HAVENDO Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.” Hebreus 1:1,2
Que Deus abençoe!
Ricardo Hilário