sábado, 23 de janeiro de 2010

GRANDE O SUFICIENTE PARA PERDOAR.


ü Davi era um homem de muitas qualidades. Uma delas é um espírito que perdoa;
ü Este atributo é um dos mais difíceis para se adquirir. De fato, em fato de perdoar plenamente alguém, a maioria das pessoas opta por uma entre três respostas diferentes:

1. Em vez de perdão completo, oferecemos perdão condicional;
“Perdôo você SE...”; “Perdôo você LOGO QUE...”
2. O segundo tipo de perdão que é menos que perfeito é o perdão parcial;
“Perdôo você, mas não espere que eu esqueça”, ou: “Perdôo você, mas saia da minha vida”.
3. O terceiro tipo é o perdão adiado.
“Vou perdoar você, mas dê-me algum tempo. Algum dia vou acabar perdoando você”.

ü A maioria de nós prefere sentar-se no banco dos réus do que no assento de misericórdia. Se alguém “nos prejudicou”, nós preferimos observá-lo retorcendo-se de dor a vê-lo sorrindo de alívio;
ü Quando não perdoamos, isso tem um efeito dramático, em sentido descendente sobre a nossa vida. Em primeiro lugar houve uma ofensa e não houve perdão depois da ofensa. Se não houve perdão, o ressentimento começa a se formar. Se não houve perdão em seguida a esse ressentimento, então o ódio toma o seu lugar. O ódio mantido leva ao rancor. E o rancor, por sua vez, busca a vingança;

UM EXEMPLO DE COMPLETO PERDÃO

ü Vamos examinar agora o perdão na vida de Davi.
ü Ele estava no “poço da perdição”! Você já teve esse sentimento? É claro que sim. Esse momento desesperado, com a culpa a esmagá-lo, em meio aos pensamentos autodepreciativos, um homem chamado Simei saiu não se sabe de onde e aumentou a sua desgraça – 2 Samuel 16. 5-8
ü Simei era o perverso por excelência – alguém que chuta você quando você está no chão;
ü Davi, porém, se recusa a vingar-se. Ele permanece calmo e não permite que gênio violento de Simei provoque uma explosão – 2 Samuel 16. 10,12
ü Como Davi pôde agir assim? Coração mole e pele grossa. Essa é a solução, simples e clara;
ü Isso não significa, porém, um endurecimento em relação. Mas, sim, que você tem uma camada protetora contra as pedradas e flechas dos indivíduos como Simei;
ü Algum tempo depois, quando Davi estava preste a voltar ao trono, Simei aparece outra vez – 2 Samuel 19. 16-20
ü Simei disse as duas palavras mais difíceis de pronunciar para qualquer um: “Eu pequei”. Para Davi estas palavras eram familiares, porque foram usadas por ele anos atrás;
ü Davi poderia ter ficado indiferente à sua confissão. Poderia ter ignorado. Algumas pessoas fazem isso... passariam sem olhar para ele, com um dar de ombros;

INDEFERENÇA não é absolutamente perdão. Indiferença é RAIVA CONTROLADA

ü Davi pôde perdoar Simei porque: a) Manteve claro o seu foco vertical, e b) Ele tinha consciência das suas falhas;
ü O orgulhoso tem dificuldades em perdoar. Os que nunca reconhecem seus próprios defeitos acham difícil tolerar, compreender e perdoar as falhas de outros;
ü Se quisermos desenvolver um espírito de perdão em nossas vidas, se quisermos colocar o perdão em ação, precisamos fazer várias coisas.

ALGUNS CONSELHOS SENSATOS QUE NOS AJUDAM A PERDOAR

Devemos cultivar uma camada de pele mais grossa;
Podemos tentar compreender de onde o ofensor veio;
Devemos lembrar de ocasiões em nossa vida quando precisamos de perdão e depois aplicar essa mesma emoção;
Precisamos expressar o nosso perdão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário