terça-feira, 26 de janeiro de 2010

COMO ESTÁ O CORAÇÃO?

Essa é uma pergunta que frequentemente os cardiologistas fazem.

Quero trazer uma história para podermos entender o que quero aplicar em nossa vida:
Um dia combinei com uma pessoa para buscá-la no terminal rodoviário do Tietê; tendo isso em vista, pensei comigo: - Como tenho dificuldade em acordar cedo, vou cochilar no carro e assim acordarei na hora certa (pois teria de estar bem cedo no Tietê).
Muito bem, excelente idéia; se não fosse eu pegar no sono com o rádio e o ar do carro ligado. Adivinha o que aconteceu!!!

“Buuuuurroooooo”!!!
Pois é, essa foi a voz que ouvi de mim mesmo... quando acordei, não tinha rádio e nem ar ligado; não bastando, tive que empurrar o carro da garagem, dar um tranco e NADA! O carro não pegava “mas nem que a vaca tussa”.
Lógico, sem carga de bateria alguma... A bateria estava de tal forma que, nem faísca saía dela.
Precisei acordar um amigo meu, ir comprar um cabo e assim ligando uma bateria na outra para poder ligar o meu carro.

Muito bem, que lição posso aprender?

O coração é como a bateria de um carro, se ele não tiver força, ele não baterá e o sangue (combustível) não passará pelas veias (mangueiras) e consequentemente o corpo (motor) não funciona.

Para o homem, o coração muitas vezes nem tem muita importância. As pessoas a cada dia que passa parecem mais e mais “não ter coração”; agora vamos para o segundo plano no que diz respeito as funções do coração.

Do coração procede tanto o bem, quanto o mal; quando dizemos que uma pessoa tem um bom coração, logo queremos dizer que ela é uma pessoa bondosa; se dizemos que ela tem um perverso coração, logo afirmamos que ela é cheia de rancor e sempre maquina o mau.
Levando isso em consideração, lembrei-me de como a Palavra de Deus nos fala do coração. A Bíblia nos fala que o coração é enganoso, sendo assim, não confiável 100%.
“Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?”
Jeremias 17:9

Uma canção de João Alexandre tem por tema “Coração”, retrata também o quanto o coração tem vias duplas; uma das frases é: “coração, entre o bem e o mau que distância haverá, coração é amigo ou bandido talvez, quem te conhecerá”. Nós nos baseamos muito pelas emoções e nos sentimos bem quando nosso coração está em paz, mas quero aqui dizer com o apoio das escrituras que o coração, realmente, é enganoso e que onde está o meu coração, ali está o meu tesouro. Se estou com o coração nas riquezas, meu tesouro não está na glória futura; se meu coração está nas almas perdidas, certamente que meu tesouro está com Cristo e tenho a esperança de receber das mãos Dele, pois esse tesouro ninguém pode minar nem roubar!

O Senhor está olhando para o meu coração e como será que ele está? Qual é a intenção dele?
Cuidado com as coisas que você vê e é atraído por ela, tanto “pessoa”, como “ambientes”, como “igrejas”, como “amigos”, como “empregos”, como “realizações pessoais”. Deus não olha para aparência, Ele sabe o que tem no meu coração e porque tomo determinadas atitudes.
Tenho que tomar atitudes em prol do Reino de Deus e do seu Santo Evangelho puro e simples, que é a Salvação comum em Jesus Cristo!

“Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.”
I Sam. 16:7

Se está prestes a tomar uma decisão, ACORDE!!!
Não confie em seu coração, fale com Deus em oração, confie nele e ouça a Sua voz.
Medite na palavra e tenha uma atitude sábia e coerente com a Palavra de Deus.

Que Deus abençoe!
Ricardo Hilário

Nenhum comentário:

Postar um comentário