sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

DEVER DO BOM CRISTÃO (PARTE 2)


(continuação)

Algumas instruções sobre a vida cristã...

No versículo 19 e 20: diz-nos que não devemos atrapalhar a ação do Espírito Santo e nem desprezarmos o ensinamento dos profetas e servos de Deus.
No caso, desprezarmos os ensinamentos, está ligado também à falta de reverencia nos cultos, E.B.D. e reuniões ministradas por servos escolhidos por Deus para estarem trazendo o recado que Ele quer nos falar.
Se não prestamos atenção no culto, tiramos à atenção de outras pessoas, tais como visitantes e automaticamente não permitimos que o Espírito Santo de Deus aja nas vidas que estão necessitadas e sedentas pelo Espírito Santo.

No versículo 21 e 22: Há uma exortação e lembrete de que não devemos acreditar em tudo que se ouve por ai, fugirmos de toda aparência mal.
Nos dias que Paulo escrevera a carta aos tessalonicenses, eles tinham se confundido com a segunda vinda do Senhor e por essa razão Pulo diz para não desprezarem os ensinamentos, mas examinar tudo e reter o que é bom.
Não devemos nos deixar levar por qualquer informação isolada de que Cristo irá voltar em um dia "X", pois isso é coisa do maligno, porque nem mesmo o Filho sabe, somente o Pai. (Mc. 13:32)
Devemos fugir de tudo que é aparente do mal;

Não é isso que esse trecho quer dizer no contexto, mas podemos até usá-lo e colocar em questão: tatuagens, alguns tipos de roupa, modo de andar, lugares freqüentados, etc. Pois muitas pessoas virão nos acusar (é o que Satanás gosta de fazer, acusar os salvos) e dizer: “esse crente vai nesse lugar e diz que vai pro céu; se ele que vai nesse lugar vai pro céu, eu que não vou nesses lugares também vou oras. Nem preciso ir a igreja!”

No versículo 23 nos diz a respeito da santificação.
A única fonte de santificação é nosso Deus que em seu amor nos purifica de todo o pecado se estarmos em sua vontade e em Jesus Cristo (I João 1:7)
Devemos nos guardar de forma que não necessitemos ser repreendidos por ninguém, na forma de andar, agir, testemunhar ...

Conclusão:

Se ouvirmos e fizermos o que Deus nos manda através das profecias (ensinamentos) deixados para nós através da Palavra d’Ele, a Bíblia, estamos no caminho certo.
Devemos também prestarmos muita atenção no que vem aos nossos ouvidos; será que tudo o que escutamos vem de Deus? Temos a convicção de que se não houver um fundamento e que se a Bíblia reprova em outro trecho, é para ficarmos de olhos abertos.
· Pessoas já quiseram adivinhar, falando ter profetizado, a segunda vinda do Senhor e se deram mal, pois como já vimos ninguém sabe o dia.
· A única forma de Deus falar conosco é através da Bíblia; não há outro modo e nem outra pessoa permitida por Deus para nos colocar outro ensinamento além do verdadeiro evangelho. Em Gálatas 1:8,9 nos diz a respeito disso; “Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.” Ou maldito, amaldiçoado.

Então prestemos atenção em tudo que se diz e promessas por ai a fora; Deus não promete vida fácil pra ninguém, pelo contrário, diz que no mundo teremos aflições e é para nós termos coragem pois Jesus já venceu o mundo. (João 16:33)

“A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco” (I Tessalonicenses 5:28)

Deus abençoe!

Ricardo Hilário

Nenhum comentário:

Postar um comentário