quarta-feira, 24 de outubro de 2012

JUSTIÇA DIVINA

“Então ouvi o anjo das águas dizer: Justo és tu, ó Senhor, que és e que eras, o Santo, porque julgaste estas coisas;” Apocalipse 16.5

Lemos dos versos 4 a 7 a terceira taça da ira que afeta os rios e as fontes das águas, transformando-as em sangue. Isso acontecerá por causa da Justiça divina, por causa te todos os mártires da história da humanidade.
Como sabemos, a justiça deve ser de Deus e não nossa, pois o único justo para agir com justiça é o Senhor!
Apresentarei algumas características da justiça do Deus que servimos, o único justo!

1.    Ele não comete iniquidade e Sua justiça é atual
Sofonias 3.5
“O Senhor é justo no meio dela; ele não comete iniquidade; cada manhã traz o seu juízo à luz; nunca falta; mas o perverso não conhece a vergonha.”
Como resultado da adoração de Baal e Moloque, Jerusalém ficou degenerada. Os líderes religiosos viviam em adultério, e ofereciam seus filhos como sacrifício humano a fim de obter o favor dos deuses da natureza (Jr. 19:5; 23:13, 14; 32:35). Jeremias tinha dificuldade em descobrir um homem justo em Jerusalém (Jr. 5:1). Seus líderes civis e religiosos estavam do lado da idolatria e não agiam como porta-vozes de Deus.
O Senhor continuava presente e mantinha um registro das perversidades deles. A bondade seria a porção do justo, mas o castigo seria certo para o perverso.
O Senhor está no meio de nós e a Sua justiça é atual. O mesmo Deus de Jeremias é o nosso! Ele é Fiel e nunca falhará! Conte com esse Deus e receba a sua Justiça.

2.    Ele faz justiça aos oprimidos
Salmos 103.6
“O Senhor faz justiça e juízo a todos os oprimidos.”
Deus não é apenas justo em si mesmo, mas Ele se ocupa ativamente em atos de retidão e justiça em prol das pessoas oprimidas. Ele se comprovou, na história de Israel, ser misericordioso e compassivo. Isto se vê melhor em Sua lentidão para irar-se e punir o Seu povo menos severamente do que ele merece.
Muitas vezes estamos oprimidos em várias ocasiões e situações de nossas vidas.
Opressão:
1.    Ato ou efeito de oprimir.
2.    Efeito da tirania; jugo.
3.    O sentir-se oprimido; peso molesto.
4.    Falta de respiração.
Achei interessante a 4ª definição para a palavra “opressão” e lembrei que tudo precisa respirar para sobreviver, sem respiração / sem vida. Deus é Justo e faz Sua justiça em nossas vidas para que possamos respirar e consequentemente termos vida!

3.    Ele faz justiça sobre os justos
Romanos 2.2
“E bem sabemos que o juízo de Deus é segundo a verdade sobre os que tais coisas fazem.”
No texto base da nossa mensagem, lemos sobre a justiça de Deus por causa dos mártires e completamos por saber que a justiça Dele é sobre os justos.
Quem são os justos? Os salvos em cristo Jesus.
Romanos 5.1
“TENDO sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo;”
Os justos são guardados por Deus e é Ele quem faz justiça por nós.
Somos justificados por Cristo, porém somos ainda pecadores, mas mesmo assim, Deus está a nosso favor!
Gálatas 2.17
“Pois, se nós, que procuramos ser justificados em Cristo, nós mesmos também somos achados pecadores, é porventura Cristo ministro do pecado? De maneira nenhuma.”

Conclusão
Muitas vezes temos opressão até mesmo dos nossos entes queridos ou amigos achegados. Saiba que Deus é quem nos dá força, retidão e justiça!
Se estou oprimido, Ele me ajuda a respirar, alivia meu sofrimento;
Se ando nos Seus caminhos e sou justificado em Cristo, posso contar com Sua justiça.
Que não façamos justiça com as próprias mãos, entregue seus inimigos nas mãos de Deus, pois se são seus inimigos, são inimigos de Deus! Ele cuidará deles por você!

Que o Eterno vos abençoe!
Ricardo Hilário

Nenhum comentário:

Postar um comentário