sexta-feira, 16 de outubro de 2009

SUBORNO: ACEITAR?

"Verdadeiramente que a opressão faria endoidecer até ao sábio, e o suborno corrompe o coração." Eclesiastes 7:7

Salomão focalizou duas coisas que causam ruína, em nossa vida:

"A opressão transforma o sábio em tolo e o suborno corrompe o coração" (Eclesiastes 7:7).
Se trocássemos a ordem do texto de Eclesiastes, as coisas ficariam quase no mesmo, pois que o suborno transforma o sábio em tolo e a opressão corrompe o coração. De qualquer maneira, quem se submete à opressão termina com o coração corrompido.
O suborno é uma das formas mais insidiosas de opressão. Ele corrompe e desfigura, vestindo a roupagem da conveniência, do lucro merecido, da postura que se coloca acima da lei e da moral.
Muitas vezes achamos pessoas como essas na igreja; pois é, acredite! São pessoas que dizem: “Sem meu dízimo, essa igreja não anda” ou até mesmo, “Se eu sair dessa igreja, eu quero ver se vai crescer e se manter”.
Pois é, amados, esse tipo de pessoas existem. É tão triste, pois alguns homens de Deus estão se deixando enganar e sendo subornados por tais “crentes”.

Coração que se alimenta da justiça de Cristo, adquire resistência ao suborno. Como na tentação do deserto, coração que tem Cristo enfrenta o suborno do inimigo portando as armas das Escrituras. A Bíblia é a "espada do Espírito". A comunhão com Cristo é a vacina anti-suborno mais poderosa. O suborno, como todos os vírus letais, está sempre a se transformar, ostentando perigos novos. Por isso, precisamos, constantemente, da comunhão com o Senhor. Para fortalecer o coração.

Devemos orar pelos homens que Deus tem levantado para a liderança de igrejas e também para que Deus não faça irmãos se gloriarem de suas riquezas materiais e se achem os “donos da igreja”.

A igreja tem um dono sim e esse Dono é Deus, o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, fundador da instituição chamada “Igreja”.
Que Deus abençoe!
Ricardo Hilário

Nenhum comentário:

Postar um comentário